segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Êxodo Capítulo 6                                      

"...a fidelidade à mensagem trouxe bem mais sofrimento ao povo; Talvez uma mensagem adaptada à cultura ou às necessidades imediatas e terrena daqueles escravos fosse bem mais simples de ser entregue, bem mais aceitável aos ouvintes".

Este capítulo se inicia com o incrível diálogo entre o Senhor e Moisés, o qual contestava e acusava de falha o plano do Altíssimo. Moisés havia dito no final do capítulo 5: “Ó Senhor, porque afligiste a este povo? Porque me enviaste?”. Ou seja, em outras palavras, por que me mandou fazer promessas e dar esperanças a estes escravos se o Senhor não iria libertá-los de fato?..... “Pois desde que me apresentei a Faraó, para falar-lhe em teu nome, ele tem maltratado este povo” ....... Oh! Quão difícil pode ser, muitas vezes, falar em nome do Senhor, quão difícil pode ser, para o enviado do Senhor, perceber que a fidelidade à mensagem trouxe bem mais sofrimento ao povo; Talvez uma mensagem adaptada à cultura ou às necessidades imediatas e terrena daqueles escravos fosse bem mais simples de ser entregue, bem mais aceitável aos ouvintes. Mas vejamos a resposta do Senhor:

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Estudo Feito pelo irmão Acyr

Dom de Línguas

Buscando na Carta aos Coríntios a Mente de Cristo 

Aqui está o grande diferencial entre pentecostes e Babel, pentecoste UNE, pois cada um entende em sua própria língua, Babel desune e separa, pois NINGUÉM entende o que está sendo dito.

ICor.1 – Paulo (chamado apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus), e o irmão Sóstenes, à Igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo lugar invocam o Nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso: Graça e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. Sempre dou graças ao meu Deus por vós pela graça de Deus que vos foi dada em Jesus Cristo. Porque em tudo fostes enriquecidos nEle, em toda a PALAVRA e em todo o CONHECIMENTO (que deve ser a verdadeira riqueza a ser buscada por cada crente). De maneira que nenhum DOM vos falta, esperando a manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Estudo Feito Pelo Irmão Acyr

Estudo no Livro de Êxodo                                             

                                  
          A saída de Israel do Egito é o fato histórico dominante no livro. Boa leitura!

          

Capítulo 1
"Tudo quanto é apenas humano, por muito sólido, brilhante e atraente que possa ser, está destinado a cair nas garras da morte e a abolorecer no silêncio do túmulo".
Êxodo1:1a5 – Podemos observar nestes cinco primeiros capítulos do livro de Êxodo um vislumbre da grande História de redenção que Deus tem para com Seus filhos. Vimos nos últimos capítulos de Gênesis que José fora vendido e entregue por seus irmãos e enviado para as cadeias do Egito, agora, vemos que, como consequência deste pecado, todos os irmãos de José descem, também, ao Egito, à terra da escravidão.
Quando pensamos na tipologia Bíblica e em José como um tipo do Senhor Jesus, vemos como ele foi entregue pelos seus irmãos nas mãos dos incircuncisos e vemos que grandes aflições encontrou em seu cativeiro egípcio antes da glorificação; logo em seguida, vemos seus irmãos também descerem para lá e serem confrontados com seus pecados em grande aflição e angústia até que a revelação de seu irmão José os confortasse. Como discípulos de Cristo, não é de se admirar que este mesmo mundo que O rejeitou venha a nos impor severas perseguições.  

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Estudo no Livro de Daniel                                            
                                                                             
                                                                       Estudo feito pelo Irmão Acyr


Capítulo 1 – Condição moral necessária para conhecer e compreender a mente de Deus.
Quem era Daniel e qual a opinião de alguns críticos modernos? (Mt. 24:15 e Mc.13:14). 
Críticos dizem que Daniel pode ter vivido mais de duzentos anos depois da existência dos impérios acerca dos quais ele escreveu sendo apenas um romancista. Mas podemos ver que o profeta Ezequiel que foi contemporâneo de Daniel, já o conhecia como profeta do Senhor. Ez 14:14e20; Ez 28:3

"...Daniel se recusa a prazeres lícitos nos quais a grande maioria de seus companheiros judeus não viam nenhum mal! Vivemos dias em que quase todas as comidas, lugares, companhias e ambientes são consideradas normais aos crentes!"

Dn. 1 a 4 – NO ano terceiro do reinado de Jeoiaquim, rei de Judá, veio Nabucodonosor, rei de Babilônia, a Jerusalém, e a sitiou. E o Senhor entregou nas suas mãos a Jeoiaquim, rei de Judá, e uma parte dos utensílios da casa de Deus, e ele os levou para a terra de Sinar, para a casa do seu deus, e pôs os utensílios na casa do tesouro do seu deus. E disse o rei a Aspenaz, chefe dos seus eunucos, que trouxesse alguns dos filhos de Israel, e da linhagem real e dos príncipes, Jovens em quem não houvesse defeito algum, de boa aparência, e instruídos em toda a sabedoria, e doutos em ciência, e entendidos no conhecimento, e que tivessem habilidade para assistirem no palácio do rei, e que lhes ensinassem as letras e a língua dos caldeus. O Juízo de Deus sobre o reino de Judá em consequência da constante desobediência.

quarta-feira, 31 de julho de 2013

O Hipercrítico 

Por Irmão Acyr

"...quanto maior o analfabetismo Bíblico, mais facilmente se pode dominar e conduzir o povo a qualquer idolatria ou falsa religiosidade com fins lucrativos".


Lendo as cartas do Apóstolo Paulo às Igrejas que ele havia plantado e ajudado em todo crescimento inicial, fiquei bastante surpreso ao encontrar expressões como estas: “Ó insensatos gálatas! Quem vos fascinou para não obedecerdes a verdade, a vós, perante os olhos de quem Jesus Cristo foi evidenciado, crucificado, entre vós?” (Gal.3:1). “Porque ainda sois carnais; pois havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?”(ICor.3:3). “Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade.”(Fil.1:15).

De todas as afirmações do Velho Apóstolo às suas Igrejas, a que mais me impressiona é aquela em que ele afirma: “Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho” (Gal.1:6). Lendo o contexto desta carta, vemos uma Igreja do Senhor Jesus sendo aliciada e corrompida por um novo e falso evangelho, algo que parecia entristecer sobremaneira o velho e fiel servo de Cristo.

quarta-feira, 3 de julho de 2013

E Obrigaram Simão a Carregar a Cruz 

Por Irmão Acyr

"...a mensagem cristã se distorce na direção da moda em voga, para que se torne aceitável, agradável e convincente ao público".       

Conforme vemos em Mc.15:21-E constrangeram (obrigaram) um certo Simão, cireneu, pai de Alexandre e de Rufo, que por ali passava, vindo do campo, a que levasse a cruz.

Vemos algo bem curioso neste texto, este Simão, homem até então comum e ímpio (não crente), passava desapercebido pelo mesmo caminho onde Jesus carregava a pesada cruz, na qual seria crucificado pelo preço de nossas vidas diante do Pai. Todos os discípulos que o seguiam já haviam fugido, inclusive Pedro, o mais destemido e aparentemente, o mais corajoso e impetuoso, mas que tremeu grandemente diante da terrível Cruz.

Então, os soldados romanos obrigaram um estranho, uma pessoa que nada tinha a ver com tudo aquilo, para que tomasse lugar ao lado do Senhor Jesus e o ajudasse com o vitupério e a vergonha de carregar a arma pela qual seria morto. Arma esta que, era sempre utilizada para matar os piores malfeitores do império. 

terça-feira, 25 de junho de 2013

O Pequeno Rebanho 

Por Irmão Acyr

Não sede conformados (andar conforme, andar igual, pensar igual) com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso ENTENDIMENTO...Comece a orar e a remover os laços, bens e diversões que estão te distraindo e te prendendo ao mundo...guarde-se das corrupções(influências, pensamentos e diversões) do mundo".


Lucas 12:15,16,18a22, 29a34 – E disse: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza (apego e desejo pelas coisas e bens materiais); porque a VIDA de qualquer não consiste na abundância do que possui. E propôs-lhes uma parábola, dizendo: A herdade(fazenda) de um homem rico tinha produzido com abundância. E ele arrazoava consigo mesmo dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. E disse: Farei isto: Derrubarei os meus celeiros, e farei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens (claro que não darei nada a ninguém que esteja necessitado, eu mesmo posso precisar um dia, por isso, tenho que ter muitas reservas). E direi à minha alma (confiante em minha generosa poupança): Alma, tens em depósito muitos BENS para muitos anos: descansa,come, bebe e FOLGA (aproveita bem sua vida e seus bens neste mundo: shopping, cinema, viagens, roupas caras e de marca). Mas Deus lhe disse: Louco! Esta noite te pedirão a sua alma; e o que tens preparado para quem será?(será para Deus que é o início e fim de tudo ou para você mesmo?) 

terça-feira, 4 de junho de 2013

A Oração que Convém 

Por Irmão Acyr

"Por que Deus sempre respondia as orações de Jesus e Elias? Porque eles sempre oravam de acordo com a VONTADE DE DEUS, nunca para seus próprios prazeres e deleites TERRENOS!"


Queridos irmãos, meditando acerca da vida do profeta Elias, pude ver que, segundo o apóstolo Tiago: Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra (Tiago5:17). Pensando sobre isso, fui averiguar a pequena biografia deste profeta, no livro de Reis, e encontrei, verdadeiramente, um situação inusitada, vejamos:

IReis 18:42 a 46- Acabe(o rei) subiu a comer e a beber; mas Elias subiu ao cume do monte Carmelo, e se inclinou por terra, e pôs o seu rosto entre seus joelhos. E disse ao seu servo: Sobe agora, e olha para o lado do mar. E subiu, e olhou, e disse: Não há nada. Então disse ele: Volta lá sete vezes...E sucedeu que os céus se enegreceram com nuvens e vento, e veio uma grande chuva... Após o término dos 3 anos, Elias muda a oração e agora pede para chover, e vemos que Deus imediatamente o atende! 

Mateus 21 Comércio no Templo - Acyr Godoy


domingo, 2 de junho de 2013

A Letra Mata


Por Irmão Acyr


"O meu povo foi destruído porque lhe faltou o conhecimento". (Oséias 4:6)
"Nunca vi um cristão útil que não seja estudante da Bíblia. Não existem atalhos para a santidade".  A. W. Tozer

Lendo IICoríntios 3:6 que diz, resumidamente: A letra mata, e o espírito vivifica. Um irmão disse algo que me impressionou bastante, ele disse: “Ta vendo, quem estuda muito a Bíblia morre espiritualmente e fica sem fé, porque a letra mata!” Queridos irmãos, não sei se algum dia esta interpretação já passou pela sua cabeça  mas, de qualquer forma, preciso informar que está completamente errada!

Claro que eu darei a interpretação correta do texto, mas antes, eu gostaria de dizer que se esta interpretação dada pelo irmão, estivesse correta, haveriam terríveis implicações para o restante da Bíblia. A primeira pessoa com problemas, seria o próprio Deus, pois foi Ele mesmo que mandou o povo estudar a Palavra em Oséias 4:6 – O meu povo foi destruído porque lhe faltou o conhecimento. Outra pessoa que ficaria em maus lençóis seria o Senhor Jesus, pois Ele também aconselhou os religiosos a estudarem quando disse em João 8:32 Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará; e em João 17:17 – Santifica-os na verdade, a Tua Palavra é a VerdadeAssim, o Senhor Jesus afirmou que o estudo e o conhecimento da Palavra santifica e liberta. Teria Ele se enganado?

terça-feira, 28 de maio de 2013

Inimigo da Cruz... Eu? 

Por Irmão Acyr

"Há necessidade de nos darmos pela vida do mundo. Uma vida fácil, que a si mesmo não se negue, nunca será poderosa. Produzir frutos exige suportar cruzes. Não há dois cristos: um acomodado para os cristãos acomodados e um que luta e sofre para os cristãos superiores. Há um só Cristo". Hudson Taylor


Queridos irmãos, algo que muito me chamou atenção no capítulo 3 da Epístola paulina aos Filipenses, foi o que li no versículo 18 que diz: Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo. 

Confesso, irmãos, que muitas vezes já havia lido este versículo sem dar a ele muita importância, ou mesmo, dando a ele uma significação completamente diferente daquilo que ele realmente quer dizer. Por isso, gostaria de avaliar, com muito cuidado e critério, todo o contexto deste capítulo 3 de Filpenses, vejamos:

Começando com o ensino do Senhor Jesus, disse Ele em Mateus 9:24 – Dizia a todos: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia sua cruz e siga-me. Porque qualquer que quiser salvar a sua vida neste mundo, perdê-la-á; mas qualquer que por amor de mim, perder a sua vida, a salvará. Por que que aproveita ao homem granjear o mundo todo (enriquecer muitíssimo), perdendo-se ou prejudicando-se a si mesmo?(perder a salvação)

Creio que deveríamos explicar o que significavam as Palavras do Senhor Jesus para as pessoas que O estavam ouvindo. O que significava, para eles, tomar a Cruz? Para qualquer judeu que tinha visto os romanos cercarem Jerusalém e crucificarem centenas de pessoas, tomar a cruz, fazia referência a um costume romano no qual todo condenado à morte de cruz, deveria, antes da crucificação, carregar a cruz até o local da execução, como uma forma de humilhação. Por isso, o Senhor Jesus carregou a cruz antes de ser dependurado nela. Portanto, TOMAR A CRUZ, significa caminhar para a morte neste mundo ou, para este mundo.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Noé e o Livre Arbítrio

Por Irmão Acyr

“...A vida que agora tenho na carne, vivo-a na fé do filho de Deus... Ou seja, não é mais a minha vida carnal, ainda tenho carne, mas ela não está mais no controle, não estou sob a tirania do meu velho coração escravo do pecado. A vida que agora tenho, existe pela fé no Filho de Deus e está sob a Sua direção e Soberania. Não sou mais um homem carnal, sou agora um homem espiritual, a velha carne foi morta pela Cruz do meu Senhor Jesus Cristo".


Gen.6:5,8,13 - E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente.
Noé porém achou graça aos olhos do Senhor.
Então disse Deus a Noé: O fim de toda a carne é vindo perante a minha face.

Analisando estes versículos da Palavra do nosso Deus, pude observar alguns ensinos preciosos, vejamos: Primeiramente a avaliação que o Senhor faz acerca do coração do homem, o Senhor decreta que todos, sem exceção, todos os impulsos, pensamentos, sonhos e planos do coração do homem são maus. A isso, os teólogos chamaram de pecado original e este ensino foi ratificado pelo Senhor Jesus quando Ele disse que : “...do coração do homem procedem os maus pensamentos, morte, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias” (Mat.15:19). Da mesma forma o Apóstolo Paulo citando os Salmos14:3, faz a seguinte afirmação : Como está escrito: “Não há um justo, nem um sequer” (Rom3:10). Todos pecaram e destituídos estão da Glória de Deus (Rom.3:23). Em suma, O Pecado original significa que o homem, criado a imagem de Deus, sem pecado, após a queda, adquire uma nova imagem, uma nova semelhança, agora ele se parece com o pai da mentira, ele se parece com o “príncipe deste mundo”(João12:31), ele se parece com satanás. 
Facebook e o 7° mandamento 

Por Kenneth Wieske


Uma mulher entrou no meu escritório alguns dias atrás. Ela estava quase-vestida, usando apenas sutiã e calcinha. Só tem uma mulher no mundo que tem o direito de estar comigo vestido assim: minha esposa. Mas esta mulher que entrou no meu escritório alguns dias atrás, não era minha esposa. Eu fiquei muito constrangido.
Constrangida ela não ficou de forma alguma. Vamos chamá-la de “Sem-Vergonha”. A Sem-Vergonha não ficou constrangida, pois ela engoliu a mentira da nossa sociedade moderna. Esta mentira diz o seguinte: se o sutiã e a calcinha estiverem da mesma cor e feitas de um tecido que se pode usar na água, então não são roupas íntimas — são roupa de banho. A Sem-Vergonha se declara Cristã, mas mesmo assim ela parece não ter problema em expor o corpo dela para o mundo inteiro. Imagino que ela ficaria talvez com vergonha de andar no shopping ou visitar uma família, vestida apenas de sutiã e calcinha. Mas por alguma razão, ela não percebe problema nenhum em escolher uma foto dela assim vestida como foto do perfil do Facebook.
Katharina Von Bora 

Por Layse Anglada 


Uma das figuras femininas mais importantes da Reforma Protestante do Século XVI foi, sem dúvida, Katharina Von Bora. Não que ela tenha praticado qualquer grande ato heróico, se envolvido pessoalmente em grandes controvérsias ou sido martirizada em virtude da sua fé. No dizer de um de seus biógrafos: “ela não escreveu nenhum livro nem jamais pregou um único sermão, mas seu inestimável auxílio possibilitou que seu marido fizesse tudo isso como poucos na história da igreja.” Estamos falando da Sra. Lutero.
Katharina nasceu em 1499, filha de um nobre alemão que passava por dificuldades financeiras. Aos 3 anos de idade, perdeu sua mãe, e seu pai a levou para estudar na escola do convento Beneditino, onde vivia sua tia Madalena Von Bora. Aos 9 anos, entrou para o convento propriamente dito, tornando-se freira aos 16 anos de idade.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Tenha Cuidado da Doutrina - Raymond Perron

"Meu amado irmão, aqueles que são deste mundo não suportarão a sã doutrina. Eles não quererão ouvir quando você pregá-la. Eles dirão que aquela pregação já está ultrapassada e monótona...A verdade não é um produto que pode ser adaptado de acordo com as fantasias do consumidor".
  

Nos dias de hoje chegamos a um ponto no qual a doutrina não é mais um assunto discutido, até mesmo entre muitos dos seguidores professos de Cristo. Os dias em que linhas rígidas e firmes eram traçadas entre as pessoas, com base em suas diferenças doutrinárias, ficaram no passado, foram substituídas por uma ênfase na experiência. Porém, a experiência, à qual não foi dado significado com embasamento na verdade, é a de estrutura mais perigosa. Então deixe-me chamar a sua atenção para a primazia da doutrina e, consequentemente, a tarefa máxima de cuidar dela. 

Em primeiro lugar, considere a importância da doutrina (ensino) na vida e ministério de nosso Senhor Jesus Cristo. ''Quando Jesus acabou de proferir estas palavras, estavam as multidões maravilhadas da sua doutrina (ensino)" (Mt. 7:28). ''Então, entenderam que não lhes dissera que se acautelassem do fermento de pães, mas da doutrina dos fariseus e dos saduceus" (Mt. 16.12). "E os principais sacerdotes e escribas ouviam estas coisas e procuravam um modo de lhe tirar a vida; pois o temiam, porque toda a multidão se maravilhava de sua doutrina (ensino)" (Mc. 11:18; Mt 22:23; Mc 1:27; 4:2; 12:38; Lc 4:32). O  que dizem estes versículos? Nosso amado Senhor não estava tentando instigar as exigências de seu tempo, transformando seus sermões em exposições filosóficas, morais ou estéticas; muito menos estava limitando sua apresentação da verdade, a fim de ir ao encontro das opiniões ou fantasias de seus ouvintes. 
Carta Acerca das Ofertas e
do Sustento Ministerial

Irmão Acyr

"O problema é que ao invés das pessoas se unirem para evangelismo, estudo bíblico e oração, se reúnem para angariar recursos para seus ministérios, a fim de se apresentarem no palco do templo aos domingos, a motivação é o EGO, e não a crucificação do EU!"


Meu querido irmão, acerca de sua pergunta, vou tentar expor, nesta breve carta, minha forma de pensar acerca do sustento dos obreiros do Senhor:
Bom, quanto à forma de arrecadação de recursos que, peremptoriamente, deve ser praticada na Igreja, creio que não existe dúvidas, não é? Ninguém precisa repetir que somente dízimos e ofertas são Bíblicos, todas as outras formas como:  pizza, rifa, salgadinho, docinho, cantina... são todas formas de desobediência, incredulidade e abominação que apenas realçam nosso completo afastamento das Escrituras, e reverbaram o quanto não temos crido no Deus que professamos servir, o quanto não nos importamos com os métodos por Ele instituídos, o quanto não cremos que Ele pode sustentar pelos meios que Ele mesmo ordenou a obra da qual Ele é o Dono e Senhor!! Ele proibiu o comércio no templo (Mt.21:13), qualquer coisa fora disso é anátema, não existe desculpa!!!

Recentemente, alguns jovens disseram: “Precisamos de dinheiro para promovermos um retiro de evangelização e discipulado; o que faremos então? Faremos rifas e promoções!”  Eu fiquei em grande espanto, nenhum deles teve a audácia de dizer: “Vamos orar, jejuar, quebrantar o coração diante do Rei, estudar a Palavra como nunca fizemos antes, quiçá o Senhor nos abrirá as portas”. Se algum jovem dissesse isso, os outros ririam e debochariam dele, seria motivo de chacota entre a congregação! Isso é lamentável, é triste, viramos um clube social de entretenimentos religiosos!
Oração de um Profeta Menor 

A. W. Tozer

"Ajuda-me a lembrar-me de que eu sou profeta, não um animador, não um gerente religioso, mas um profeta".

Esta oração é pronunciada por um homem chamado a ser testemunha ante as nações, e foram estas as palavras que disse ao seu Senhor no dia em que foi ordenado. Depois de os anciãos e ministros terem orado e pousado sobre ele as suas mãos, retirou-se para estar a sós com o seu Salvador, no silêncio, mais além do que os seus irmãos bem intencionados o podiam levar. E disse:

Senhor, escutei a tua voz e tive medo. Chamaste-me a uma tarefa solene numa hora grave e perigosa. Em breve abalarás todas as nações, a terra e também o céu, para que fique só aquilo que é inabalável. Senhor, nosso Senhor, aprouve-Te honrar-me chamando-me a ser teu servo. Só aceita esta honra aquele que é chamado a ser teu servo, visto ter de ministrar junto àqueles que são obstinados de coração e duros de ouvido. Eles Te rejeitaram, a Ti, que és o Amo, e não posso esperar que me recebam a mim, que sou o servo.

Meu Deus, não vou perder tempo a deplorar a minha fraqueza ou a minha incapacidade para o trabalho. A responsabilidade é tua, não minha, pois disseste: “Conheci-te, ordenei te, santifiquei-te”, e também: “Irás a todos aqueles a quem Eu te enviar, e falarás tudo aquilo que Eu te ordenar”. Quem sou eu para argumentar contigo ou para pôr em dúvida a tua escolha soberana? A decisão não é minha, mas sim tua. Assim seja, Senhor; cumpra-se a tua vontade e não a minha.

quinta-feira, 16 de maio de 2013


Gênesis Capítulo 41                                                     

"O centro de reunião da Igreja é Cristo na glória. “E eu quando for levantado da terra todos atrairei a mim” (João12:32). Cristo atrai, não o entretenimento carnal, Cristo é o centro do culto, não as nossas necessidades, carências ou vontades".


Gênesis 41:1;9a11 – “E ACONTECEU que, ao fim de dois anos inteiros, Faraó sonhou, e eis que estava em pé junto ao rio........ Então falou o copeiro-mor a Faraó, dizendo: Das minhas ofensas me lembro hoje: Estando Faraó muito indignado contra os seus servos, e pondo-me sob prisão na casa do capitão da guarda, a mim e ao padeiro-mor, então tivemos um sonho na mesma noite, eu e ele; sonhamos, cada um conforme a interpretação do seu sonho”.

O copeiro-mor havia se esquecido de José na prisão, dois anos se passaram e ele nada fez em favor do amigo; mas a memória do Deus de Jacó não conhece esquecimento, Deus mesmo se lembra do seu servo, após dois anos, chegado o tempo estabelecido por Deus, Ele fez faraó sonhar e se utilizou das circunstâncias para levar José à presença do maioral do Egito.

Gênesis 41:15e16 – “E Faraó disse a José: Eu tive um sonho, e ninguém há que o interprete; mas de ti ouvi dizer que quando ouves um sonho o interpretas. E respondeu José a Faraó, dizendo: Isso não está em mim; Deus dará resposta de paz a Faraó”. José deixa claro que este poder não era algo que vinha dele mesmo e sim de sua completa dependência de Deus.
Certificando-se da Fé - J. C. Ryle 



"Todas ficaram mais ou menos aquém do padrão, acomodadas à própria escória. Todas se têm mostrado mui prontas a estarem satisfeitas com reformas meramente externas".

E, quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra.
Então diz: Voltarei para a minha casa, de onde saí. E, voltando, acha-a desocupada, varrida e adornada.
Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e são os últimos atos desse homem piores do que os primeiros. Assim acontecerá também a esta geração má (Mt. 12.43-45).
Despertados como haviam sido, pela pregação de João Batista, o arrependimento parece ter sido superficial. Nos dias em que o Senhor Jesus lhes falava, eles se haviam tornado, como nação, mais duros e perversos do que nunca. A vulgaridade da adoração aos ídolos cedera lugar a um mero formalismo morto. Sete outros espíritos, piores do que o primeiro, tinham vindo apossar-se deles. O seu último estado foi rapidamente se tornando pior do que o primeiro. Loucamente, foram-se atirando a uma guerra rebelde contra Roma. A Judéia transformou-se em uma autêntica Babel de confusão. Jerusalém foi tomada. O templo destruído. Os judeus foram dispersos por todo o mundo.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Resistindo ao diabo 

A. W. Tozer

Resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. (Tg 4:7)




"Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo.. Ora, como espero obedecer a segunda metade, quando ainda não estou cumprindo a primeira? Sujeitar-se a Deus significa que minha própria sabedoria, vontade e desejos têm de ser completamente deixados de lado e que a Palavra e a vontade de Deus governam-me em todas as coisas".

Este versículo nos apresenta um aspecto da Verdade acerca do qual há ampla ignorância entre os crentes. Com freqüência, eles se mostram inconscientes de que o diabo os está atacando e precisa ser resistido. Muitos supõem que as investidas de Satanás estão limitadas às tentações para que pequemos. Isto não é verdade;

Em muitos casos, o objetivo dele é opor-se e impedir-nos de fazer o que é bom. Constantemente, ele utiliza os seres humanos a fim de atrapalhar-nos e inquietar-nos. Por exemplo, ele enviará alguém para bater à porta ou chamar-nos ao telefone, quando estamos orando. Ele mandará parentes visitarem-nos no domingo, impedindo-nos assim de gastar tempo na comunhão com o Senhor. Ou criará .circunstâncias. para obstruir nosso progresso espiritual, multiplicando nossos deveres e tarefas, de modo que não tenhamos tempo livre ou fiquemos muito cansados para estudar a Bíblia.

Curiosidades da Guerreira Mônica, a mãe do teólogo Agostinho de Hipona


A Guerreira Mônica, mãe de Agostinho, nascida em 331 d.C., em Tagaste, na África.

Encontramos as seguintes curiosidades, entre elas, grandes qualidades de uma mãe:



    Lutava sempre pela pureza da fé e  pela santidade de  vida;

2. Grande foi a sua caridade  para com os pobres;
  
3. Sabendo que era difícil conservar-se na graça de Deus, evitava  os divertimentos profanos, fugia das ocasiões perigosas e desprezava as  exigências e extravagâncias da moda; 

4. Os pais casaram-na  com um cidadão de  Tagaste (sua cidade natal), na África, de nome Patrício, que era filho de  família ilustre, mas pobre, pagão e  homem de sentimentos  rudes. O caráter  indômito (alguém que não se deixa vencer, indomável) e violento do marido era para a esposa uma fonte de sofrimentos e  provações,  as mais duras; 

5. Longe de  se  queixar ou prestar ouvido às más línguas, que procuravam semear-lhe discórdias  no lar, Mônica defendia o marido e não tolerava que o difamassem em sua presença. Deus recompensou esta dedicação, tendo Mônica a satisfação de ver a conversão do marido;

domingo, 12 de maio de 2013

Deus Fala Com o Homem Que Mostra Interesse

A. W. Tozer

"O coração do que brinca com assuntos religiosos será destruído pelo brilho excessivo da verdade em que tocar".


A Bíblia foi escrita em lágrimas e aos que choram revelará os seus melhores tesouros. Deus nada tem a dizer ao individuo frívolo.

Foi a Moisés, um homem atemorizado, que Deus falou no monte, e esse mesmo homem mais tarde salvou a nação quando se prostrou diante de Deus oferecendo-se para que seu nome fosse apagado do livro divino a favor de Israel. O longo período de jejum e oração de Daniel fez com que Gabriel descesse dos céus e lhe contasse o segredo dos séculos. Quando o amado João chorou muito por não haver ninguém digno de abrir o livro de sete selos, um dos anciãos  confortou-o com as alegres novas de que o Leão da tribo de Judá tinha vencido.

Os salmistas com frequência escreviam chorando, os profetas mal conseguiam ocultar a tristeza, e o apostolo Paulo em sua epístola alegre aos filipenses, derramou lágrimas ao pensar nos muitos inimigos da cruz de Cristo cujo fim seria a destruição eterna. Os líderes cristãos que abalaram o mundo foram todos homens de dores, cujo testemunho à humanidade brotou de corações pesados. Não existe poder nas lágrimas em si, mas as lágrimas e o poder sempre estiveram juntos na Igreja dos Primogênitos.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Qual a Adoração Aceita por Deus?

Por Irmão Acyr

"As coisas de Deus são todas planejadas, têm método e origem, nunca poderá ser de qualquer jeito ou do seu jeito carnal e humano, não há 'um novo jeito de adorar', há apenas o velho jeito, o jeito de Deus!"


Salmos 22:25 – O meu louvor será de ti no meio da congregação; Este versículo sempre chamou minha atenção quando pensava acerca da adoração aceita por Deus. Gostaria de meditar com os irmãos acerca da origem da verdadeira adoração!

Neste Salmo, parece-nos que o Rei Davi estava dizendo que o louvor a Deus tinha origem no próprio Deus. Não sei se você algum dia teve a preocupação de meditar sobre isso, talvez, com muita sinceridade e boa intenção, assim como Caim, algum dia você já deu o melhor da terra, ou o melhor da música, ou o melhor dos instrumentos para Deus, sem se perguntar se Deus aceitaria!! Qual seria o princípio da adoração a Deus, da adoração EM DEUS? Como adorar a Deus do jeito de Deus? Qual a adoração que tem origem em Deus?

Você algum dia já pensou que Deus aceita apenas a adoração determinada por Ele mesmo?